O Naturismo como uma forma de vida saudável - Artigos II - Associação Pensamentos ao Vento

Ir para o conteúdo
O Naturismo como uma forma de vida saudável
78vidasaudavel
Intervenção do Presidente da Direção da Associação Pensamentos ao vento no VI Fórum de Educação da EXPLICOLÂNDIA com o tema "O Naturismo como uma forma de vida saudável" no painel da 4ª Conferência: “O Desenvolvimento e a Natureza: Uma realização equilibrada”


O Naturismo, de acordo com a Federação Naturista Internacional, é um modo de vida em harmonia com a Natureza, expressa através da nudez social, ligada ao autorrespeito, à tolerância de diferentes pontos de vista em conjunto com o respeito pelo meio ambiente. Esta filosofia de vida inicia-se em finais do século XIX, princípios do século XX, com uma corrente a excluir o uso das roupas de forma fundamentada. O nudismo, quer em contexto social, quer na prática desportiva ao ar livre, a alimentação vegetariana e o uso de medicinas alternativas faziam parte desse modo de vida que visava o melhoramento dos resultados académicos e desportivos. A constatação da eficácia desta prática levou a que muitos outros a adotassem levando ao surgimento de comunidades naturistas. A atual designação oficial do Naturismo é o reflexo desse início, uma vez que inclui a prática da nudez em contexto social e tem presente a necessidade de termos cuidado com o que ingerimos, com o nosso corpo e com a nossa saúde.

Só para desmistificar um pouco esta questão da ausência de vestuário, a nudez, para um naturista é apenas o exterior do Ser Humano. Ao conviver com a nudez do próximo toma-se consciência de que o corpo não choca, não agride, que o respeito é possível mesmo sem as dissimulações que a roupa nos pode proporcionar. Ao conviver com a própria nudez entramos em contacto com a própria essência, deixando para trás tudo o que é acessório. Ao abandonar a roupa, percebemos que, apesar das diferenças, todos somos iguais. Surge uma nova forma de ver e sentir a realidade em redor e atinge-se a perceção de que somos parte de algo maior, a tal comunhão com a Natureza. Tudo isto faz o Ser Humano crescer e o Naturismo torna-se saudável e enriquecedor, pois deixamos de olhar para o nosso corpo como um obstáculo e passamos a encará-lo apenas como um veículo.

Isto permite, em termos mentais, ter uma perceção completamente diferente do nosso corpo e, libertando a nossa mente das imposições sociais relativas à nudez, é possível ganhar saúde mental através da eliminação de complexos. Investigadores estudaram a satisfação corporal antes e depois de tirar a roupa e concluíram que estar despido faz as pessoas mais felizes com os seus corpos, afirmando que os resultados demonstram que a nudez pode ter um impacto positivo sobre a nossa saúde mental e deixo o exemplo de Tina, que lutava contra uma má imagem corporal devido a uma cirurgia que a deixara com aquilo que ela descreve como uma enorme cicatriz “desfigurante”. Ao entrar numa comunidade naturista britânica, Tina acabou por aceitar o seu corpo tal como ele é e afirma estar mais feliz que nunca. “O Naturismo fez-me perceber que me assemelho a todas as outras pessoas, apenas com uma forma diferente. Estou aqui porque me sinto confortável, feliz e, neste momento, é aqui que pertenço.” Para Tina, a sua cicatriz passou a ser apenas uma história de vida, tal como são todas as nossas cicatrizes e rugas. Graças ao naturismo, Tina aumentou a sua autoestima e deixou de despender energias em tentar esquecer e ocultar a sua cicatriz.

Também em termos físicos, está comprovada a melhoria que a prática do Naturismo nos pode proporcionar. Ao nos libertarmos das compressões, estrangulamentos e vincos do vestuário, estamos a proporcionar ao nosso corpo uma maior liberdade para que os fluidos internos circulem de uma forma mais eficaz, com todos os benefícios que daí posam advir. Mesmo durante o sono isto torna-se evidente e passo a enumerar alguns dos benefícios que a ausência da roupa durante o sono nos pode proporcionar. Aumento das hormonas anti envelhecimento ; melhoramento da composição corporal ; diminuição do cortisol e da gordura da barriga ; sono mais profundo e mais longo ; aumento da oxitocina.

Ao contrário do que possa parecer, viver sem roupas também significa diminuir bactérias. No passado, os seres humanos vestiram roupas para manter afastados os parasitas e a sujidade, mas apenas criaram viveiros para diferentes tipos de infeções e doenças. Embora as roupas possam parecer uma forma de manter a sujidade por fora, na verdade estamos apenas a prejudicar-nos mais ao manter essa sujidade mais perto do corpo. No estudo Um macaco nu teria menos parasitas, publicado pela Universidade de Reading, afirma-se que "O carrapato responsável pela doença de Lyme  pode agarrar-se às nossas camisolas e os piolhos do mar podem infestar o nosso fato-de-banho. Cintos apertados, gravatas e roupas dificultam a respiração. Calças justas masculinas elevam a temperatura dos testículos, reduzindo a quantidade de esperma e prejudicando a fertilidade." Juntamente com a infertilidade e a doença de Lyme, a roupa também contribui para infeções fúngicas e infeções do trato urinário nas mulheres.

Até mesmo caminhar ou correr descalço nos traz benefícios de saúde pois ajuda na estimulação vital do nosso cérebro. A estimulação, que é criada na sola dos pés estimula o cérebro a multiplicar as ligações neuronais e também ajuda a aumentar a flexibilidade do cérebro.

Mesmo em termos desportivos, a prática de desporto sem roupas torna-se mais eficaz. Um estudo efetuado com dois indivíduos em passadeiras de corrida, com ventoinhas a simular a deslocação do ar, provou que no início do exercício físico o uso de roupas foi mais eficaz ao proporcionar um aquecimento corporal mais rápido, mas que, com o continuar do exercício, a ausência de roupa permitiu um arrefecimento corporal mais eficaz o que possibilitou a quem não usava vestuário manter os níveis ideais durante mais tempo do que quem usava roupa.

O Naturismo é um estilo de vida que está malvisto por algumas pessoas na sociedade, muitas das vezes como resultado do receio e do mau entendimento, provocado por centenas de anos de teorias morais erradas, daquilo que é realmente esta filosofia de vida. No entanto, e como é evidente a partir dos benefícios acima descritos acerca do Naturismo, a nudez social é um estilo de vida holístico que nos proporciona um rol de benefícios físicos, mentais e também sociais. Com este estilo de vida, podemos ser capazes de aceitar o próprio corpo, desfrutar de nós próprios sem a pressão das expectativas sociais e ser capazes de levar uma vida mais feliz e saudável.

José Luís Vieira
VI Fórum de Educação da EXPLICOLÂNDIA
Museu de Cerâmica de Sacavém
14 de abril de 2018
Colocado online em 15/04/2018
anterior subir
Voltar para o conteúdo