Atrever-se-ia a experimentar o Naturismo? - Artigos II - Associação Pensamentos ao Vento

Ir para o conteúdo
Atrever-se-ia a experimentar o Naturismo?
Para os naturistas o vestuário é tido como dispensável quando as condições atmosféricas e as condições de segurança são favoráveis. A nudez total, que é muitas vezes descrita como um sentimento de "liberdade", é a norma. Na praia, não eliminamos apenas o fato-de-banho cheio de areia e as marcas do bronzeado, também usufruímos de muito do que o Naturismo tem para oferecer, como por exemplo, benefícios de saúde muito pouco conhecidos da maioria das pessoas e de muitos naturistas. E, surpreenda-se, a areia não entra em locais indesejados com tanta facilidade como quando se usa um fato-de-banho.

O Naturismo distancia-se da aparência e da sexualidade. O corpo é apenas o exterior do Ser Humano, sem pretensões, sem desejo, sem lasciva. Cada naturista está apenas para relaxar e disfrutar e não para observar o corpo alheio. Isto cria um espírito de confiança em relação aos outros e aumenta a autoestima em relação ao próprio corpo. Esqueça os pneus e a celulite, esqueça as pregas e as rugas, o convívio naturista lembra-nos que não existem dois corpos iguais e cada corpo é bonito à sua maneira, cada corpo tem uma história muito própria para contar.

O uso de roupas limita a capacidade que o nosso corpo tem para se autorregular. O corpo despido adapta-se melhor às variações de temperatura e aumenta a resistência natural à exposição solar. Isto permite aumentar a produção de vitamina D e de melanina e, consequentemente, reforçar a estrutura óssea e aumentar a proteção natural aos raios solares. Permite também que o suor exerça a sua função de nos refrescar e de limpeza de toxinas, não se acumulando no vestuário, proporcionando-nos até um bronzeado mais eficaz e natural.
Contrariamente ao que se possa pensar, a ausência de vestuário garante uma melhor higiene. Evitamos a sujidade que se infiltra na roupa e torna os tecidos pegajosos, na praia não andamos todo o dia com peças de vestuário molhadas, que demoram imenso a secar, e que nos podem causar alergias e odores provocados pela humidade e fricção permanentes. A regra do Naturismo que nos obriga ao uso de uma toalha para nos sentarmos em locais públicos evita a transmissão de infeções e surpresas desagradáveis.

Melhor autoimagem, a aceitação do próprio corpo e uma saúde melhorada é o que pode esperar do Naturismo. E tudo o que precisa fazer é começar.
Dispa-se dos preconceitos antes de despir a roupa e vai poder usufruir desse sentimento de liberdade chamado Naturismo.

Artigo de opinião por José Luís Vieira
em 14/03/2018
anterior subir next
Voltar para o conteúdo