Porque o naturismo é essencial e importante para a sociedade - Artigos II - Associação Pensamentos ao Vento

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Porque o naturismo é essencial e importante para a sociedade
71naturismoessencial
Os naturistas conhecem os muitos benefícios da nudez e da nudez social. No entanto, uma larga maioria das pessoas, que não é naturista, vê a nudez como algo negativo. Sabe-se que este sentimento está enraizado na educação, bem como no facto de a sociedade ter vindo a sexualizar a nudez ao longo dos anos. Deste modo, as pessoas associam a nudez ao sexo e, uma vez que o sexo é privado, a nudez também o deve ser. Fim de conversa para muita gente.
Os naturistas separaram a nudez e o sexo. Deste modo, estar despido é normal, natural e social. Com isto, todo o naturista foi exposto a todo o tipo de corpos despidos: todas as cores, géneros, formas, cicatrizes, etc. Os naturistas sabem que o naturismo é estar confortável na própria pele, com o próprio corpo. Quando as crianças são confrontadas com o naturismo desde tenra idade, ou os adultos, mais tarde, quando abraçam esta filosofia de vida, entendem que as pessoas são todas diferentes e acabam por respeitar, e apreciar, essas diferenças.

Sempre que se conversa com um naturista desconhecido, num clube ou resort, fica-se sempre agradavelmente surpreendido com a simpatia dessa pessoa. Criamos imediatamente ligações porque partilhamos esta maravilhosa filosofia e imediatamente demonstramos respeito e interesse. É fácil acreditar que se o naturismo fosse mais divulgado e aceite, as pessoas demonstrariam mais respeito umas para com as outras e encararíamos menos situações de assédio sexual. Não se pretende afirmar que essas situações não sucedem num ambiente naturista, predadores e pessoas sem maneiras existem em todo o lado. No entanto, essas pessoas são identificadas muito mais rapidamente num ambiente naturista e acredita-se que, ao separar o sexo da nudez, as pessoas passem a demonstrar mais respeito pelas diferenças e mais consideração pelas diferenças.

Viu-se recentemente que a abertura de um espaço naturista em Paris, no Bosque de Vincennes, não criou um levantamento popular, mas, na verdade, arrastou muitos naturistas aos fins-de-semana para aproveitarem a nudez social. Por ser um lugar público, não-naturistas e naturistas compartilham o mesmo espaço em paz e aceitação mútua. Isto prova que é possível vivermos juntos, que a nudez é inofensiva e, de facto, mostrou o naturismo a mais pessoas, que podem ter sido apenas curiosas, mas que estão a respeitar a escolha dos outros e podem vir a tornar-se naturistas mais tarde. Espera-se que este espaço volte a ser aberto no próximo ano, mais cedo do que este ano, e que muitas outras cidades sigam o exemplo, mostrando a filosofia de vida a mais e mais pessoas.

O naturismo será, provavelmente, uma das filosofias de vida mais respeitosas e pacíficas deste planeta. Nada há de errado com corpos despidos é a mensagem que os naturistas necessitam de repetir constantemente. É preciso falar de naturismo e convidar todos os nossos familiares e amigos a passarem tempo sem roupa, juntos no clube local ou num resort naturista.

Acredita-se que o naturismo é a melhor forma de fomentar o respeito entre a humanidade e que é essencial para o nosso bem-estar.

Pelo menos, é o que fomentamos aqui na Associação Pensamentos ao Vento ao abrirmos as portas a naturistas e não-naturistas, agregando os primeiros e elucidando os segundos, esperando que estes se passem a fazer parte o primeiro grupo.

Link enviado pelo nosso associado Pedro Oliveira
Traduzido e adaptado por José Luís Vieira a partir de https://nuetheureux.com/2017/11/30/why-nudism-is-critical-and-matters-to-society/
em 19/12/2017
anterior subir next
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal